Como fazer propaganda de uma campanha através de email marketing

Este artigo faz parte da série Tudo sobre Afiliados, uma iniciativa do Country Manager do programa de afiliados Netaffiliation Brasil, Ixan Russi, em parceria com o Programa de Afiliados.

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

E-mail marketing é uma poderosa forma de gerar conversões, porém muitos afiliados brasileiros não fazem campanhas desse tipo e quando fazem acabam não tendo bons resultados justamente por fazer da forma menos aconselhável possível, que é a prática de SPAM. Aqui vou falar um pouco sobre o e-mail marketing, como deve ser feito, quais as principais diferenças entre os tipos de base de dados e também algumas dicas úteis no momento de elaborar uma boa campanha.
Propaganda por email marketing

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

O primeiro e possivelmente um dos passos mais importantes é abandonar completamente qualquer ideia de tentar fazer SPAM. Esta prática, além de NÃO funcionar, irá prejudicar a você, ao anunciante e também a rede de afiliados com a qual trabalha (quando utiliza uma peça de e-mail marketing da rede).

Você se prejudica com SPAM: além de estar perdendo seu tempo e deixando de ganhar dinheiro acabará fazendo com que o domínio de onde parte o disparo dos e-mails acabe sendo marcado como SPAM e caindo em uma black list dos servidores de e-mail. Isto acontecendo, seu domínio já não serve mais para e-mail marketing.

O anunciante se prejudica: a sua credibilidade irá diminuir ao fazer SPAM, e a das marcas “anunciadas” também, afinal algumas pessoas não sabem que o e-mail foi enviado por um afiliado, simplesmente associam a prática diretamente à marca.

A rede de afiliados se prejudica: se estiver utilizando uma peça de e-mail marketing oferecida na rede de afiliados acabará prejudicando a reputação do domínio (da mesma forma que fez com o seu), embora a peça de e-mail marketing seja feita pelo anunciante ela tende a ficar hospedada na rede de afiliados.

O Início do e-mail Marketing está na captura de e-mails!

Antes de pensar em como elaborar uma boa peça de e-mail marketing (pouco necessário pois grandes redes como a Confilio já possui este material pronto), como evitar que seu e-mail vá para a caixa de SPAM (mesmo não sendo SPAM isto pode acontecer), como fazer para seus clientes abrirem o e-mail, e se abrirem como saber se abriram entre tantos outros detalhes, seu foco deve ser exclusivamente na captação de e-mails!

A captação de e-mails é geralmente feita através de páginas de captura, ou seja, páginas em que seus leitores terão algum motivo para cadastrar o e-mail em seu formulário. Nesse sentido, você poderá oferecer algo em troca do cadastro, poderá conceder acesso a determinadas áreas do blog, enfim, dar um motivo forte o suficiente para que seus leitores sintam o desejo de se cadastrar.

De um modo geral há dois tipos de segmentação que são os mais utilizados, um é chamado de comum (qualquer e-mail que seja cadastrado espontaneamente por seu leitor). O outro é o segmentado, neste caso além do e-mail terá informações como idade, sexo, região, etc.

A efetividade de campanhas de e-mail feitas com base de dados segmentada é de fato maior do que com uma base de dados comum, uma base mista só não chega a ser SPAM porque a pessoa se cadastrou e fez a confirmação do cadastro (Double opt-in – quando seu leitor recebe um email de confirmação e tem que clicar em um link para que seja válido).

Para criar uma base de dados segmentada você precisará não apenas de mais tempo, mas também acabará tendo que investir dinheiro para a criação de diversas páginas de captura, promover campanhas de opt-in (cadastros) entre outras formas de construir uma base de dados segmentada.

Para iniciar suas campanhas talvez não queira fazer este trabalho de segmentação no início, poderá trabalhar com uma base de dados comum, mas lembre-se de com o passar do tempo ir construindo uma base de e-mails com mais qualidade para ter cada vez melhores resultados.

Qualidade do e-mail a ser enviado, isto faz muita diferença!

Lembre-se de que seu objetivo é a conversão, seja esta um cadastro ou venda. Para que isto ocorra através do e-mail marketing, além dos cuidados que já citei, é fundamental ter uma peça de e-mail de alta qualidade e também saber escolher um título que seja chamativo o suficiente para fazer com que seu leitor abra o e-mail.

Com relação a qualidade da peça é realmente complicado explicar isto em apenas um post, há tantos fatores envolvidos nisto que se não é um profissional habituado a elaborar este tipo de peça o ideal é utilizar a que foi disponibilizada pela rede de afiliados que certamente será de boa qualidade.

Se mesmo assim decidir você mesmo fazer sua peça lembre de antes de a enviar para sua base de dados fazer um envio de teste para a rede de afiliados ver e aprovar o modelo, isto ajuda a garantir que estará trabalhando com algo que realmente dará resultados.

O e-mail marketing é um trabalho que embora pareça ser algo que traz retornos rápidos, não é. Traz sim ótimos resultados, mas para que isto aconteça é importante que trabalhe da melhor forma possível a segmentação de sua base de dados.

Também vale lembrar que a empresa que escolher utilizar para fazer o envio dos e-mails para seus contatos deve ser de boa qualidade, de nada adianta fazer todo o trabalho muito bem feito e permitir que um envio mal feito coloque sua campanha a perder.

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Mais artigos dessa série

Este artigo faz parte da série Tudo sobre Afiliados, a maior série do gênero no Brasil. Acompanhe nossas atualizações pelo Facebook e por email:

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

Veja os artigos publicados nessa série:

Comments
  1. Lucrar com blog | Responder
  2. Filipe Portes | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *