Como escolher o assunto do seu site

Até agora você viu como começar um negócio com afiliados para ganhar dinheiro, observou os tipos de programas afiliados e como preparar o terreno, viu também quais os métodos aplicados a esses programas e foi apresentado para dois dos melhores CMS da atualidade. Neste artigo vou abordar o desenvolvimento de um site e a disposição dos programas de afiliados dentro dele. Para isso é necessário que você tenha sua lista de afiliados, criada no primeiro artigo, já classificada com as notas dos que você considerou melhor

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

Escolha do Assunto para Começar

A escolha do assunto é muito importante, pois é ele que vai gerar todo o tráfego de visitantes para o seu site e, também, é a partir dele que você colocará afiliados relacionados e poderá ganhar dinheiro. É nesse ponto que você pensará em quais tipos de afiliados gratis colocará (CPC, CPA ou CPM). Para escolher o seu tema, é imprescindível notar quantas pessoas procuram por aquele assunto. Por isso, como aqui é a hora de por a mão na massa, então vamos lá: o google disponibiliza dois sites de Palavras Chave – ou keywords – onde é possível visualizar quais são os conteúdos mais buscados no momento, bem como os que estão em crescimento. Essas ferramentas são o Google Insights e Google Keyword Tool.

Em primeiro lugar, pense em uma palavra que seja abrangente e comercial. Essa palavra deve estar, de alguma maneira, sendo procurada pelas pessoas todos os dias de diversas maneiras. Um exemplo disso é a palavra “livro”, as pessoas pesquisam por “baixar livro”, “resumo de livro”, “livro online” e “download de livros”. Existem mais de 11 milhões de buscas por mês para a palavra livro. Então, consegue imaginar seu site recebendo um milhão de visitas? Quantos cliques isso geraria? Quantos afiliados que vendem livro você conseguiria indicar e ganhar comissão?

A idéia é você pensar em uma palavra e pesquisar essa palavra no Google Insights. Ali você poderá ver quais são os termos mais pesquisados e que são relacionados àquela pesquisa, especificamente para o Brasil. Ai você monta seu próprio filtro. Em seguida, você pega a mesma palavra e pesquisa no Google Keyword Tool, assim você verá em “Volume de pesquisas local” a quantidade de pesquisas que são feitas com esses termos.

Se você notar (vendo o Insights) que o volume de pesquisas está crescente o ano para o Brasil, isso é um bom sinal, pode escolher esse assunto. Se você notar que nos últimos 12 meses o assunto aumenta sempre em uma determinada época, isso é sazonalidade, e não é bom para seu site, que pretende ter visitas o ano todo em igualdade.  Se você perceber que as pesquisas são constantes em todo o ano, isso é bom, pois mostra que é um assunto comumente procurado, como “Links Patrocinados”, “Propaganda”, “Dinheiro”, “Ganhar Dinheiro”, etc. Pode selecionar esse assunto.

Ao notar que uma palavra tem um bom crescimento ou se encaixa nos itens acima, então você precisa verificar quantas pesquisas existem para essas palavras. Vá no Keyword Tool e veja se para a palavra que você está pesquisando existem, pelo menos, 100 mil visitas por mês. Essa quantidade garante que existam pesquisas para formações de frase com aquela palavra, são as chamadas Long Tails. São essas variações que ajudarão a lhe dar uma idéia do que escrever em seu site. Mas isso vamos ver mais para frente. Como essa parte de criação é muito extensa ela será dividida em diversos artigos menores para não deixar nada faltar. A gente se vê na próxima, com a continuação dessa série de artigos.

Escolha assuntos que estejam em evidência

É mais fácil atrair pessoas para assuntos que estejam em evidência, ou seja, o nicho de mercado que esteja atuando deve ser tratado com todo o carinho para que você tenha o devido retorno de todos que participam do seu site e para que isso aconteça você deve escrever sobre o que as pessoas estão interessadas em aprender e não sobre o que você acha que vai dar certo ou que vai vender, para isso existem ferramentas que mensuram os resultados informando quais os assuntos mais procurados no nicho de marcado que esteja atuando ou deseja atuar.

Uma dica muito boa é você colocar na Ferramenta de busca do Google o que deseja procurar, mas sem completar a frase, por exemplo, “hotel em a…” , “como fazer b…” , desta forma o próprio buscador vai lhe dar dicas de palavras que estejam procurando com mais constância no buscador, enfim, toda a pesquisa que precisa fazer está na própria internet e com isso você pode criar artigos baseados na experiência dos próprios usuários.

Vá além do que você deseja

O assunto do seu site deve oferecer mais do que as pessoas estejam procurando, faça artigos que ao final você ofereça um e-book sobre o mesmo assunto, por exemplo, ofereça um vídeo com uma entrevista feita com algum profissional conhecido do ramos em que você atue, ofereça um curso gratuito sobre o produto ou serviço que esteja divulgando, enfim, neste ponto a sua imaginação é quem manda.

Com o passar do tempo você vai ampliando os seus pensamentos e fazendo com que novas ideias apareçam em sua mente para que novos projetos sejam criados, com isso você vai crescendo e conseguindo fazer com que as suas ideias melhorem a cada dia, faça isso constantemente para que com o tempo você possa ter mais negócios funcionando e assim estar ganhando mais dinheiro.

Conclusão sobre como escolher o assunto do seu site

O assunto do seu site deve ser instrutivo e realmente dar algo de bom para os leitores, não adianta ter conteúdo sem qualidade, lembre-se que o leitor não é bobo e espera encontrar o que você está oferecendo, enfim, não adianta ter um título matador e no final das contas o artigo não estar de acordo com o que o título se propõe, procure seguir as dicas que deixamos aqui no blog para que tenha certeza do que você está oferecendo e principalmente que o conteúdo esteja de acordo com o que o Google entende sobre um artigo de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *