Como criar uma base de emails segmentada

Este artigo faz parte da série Tudo sobre Afiliados, uma iniciativa do Country Manager do programa de afiliados da Netaffiliation Brasil, Ixan Russi, em parceria com o blog Programa de Afiliados [PDA].

Já falei sobre como fazer uma base de dados comum, que é muito simples de ser feita, porém não apresenta os mesmos resultados que uma campanha de e-mail marketing feita com uma base de dados segmentada, justamente por isso vou mostrar aqui algumas dicas de como fazer isso.
Base de dados segmentada

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

As dicas gerais apresentadas no artigo sobre como criar uma base de dados comum também se aplicam normalmente para a base de dados segmentada, o que muda são algumas questões referentes ao formulário e também com relação a suas páginas de captura de e-mails, que serão páginas diferentes visando atingir públicos diferentes.

Existem diversas formas de criar bases segmentadas, inclusive algumas utilizando ferramentas oferecidas já pelos serviços de envio de e-mail. Aqui vou mostrar como fazer isto de forma “manual”, pois aprendendo a fazer da forma mais difícil quando o fizer com outras ferramentas isto ficará muito simples!

Preparando as páginas de captura para uma base de dados segmentada

Assim como para fazer a base de dados comum, para fazer as base segmentada o ideal é criar diversas páginas de captura. Cada uma destas páginas deve ser inteiramente construída de forma a ser agradável a seu público alvo.

Exemplo: Se você pretende criar uma base de dados com e-mails de homens de 30 a 40 anos com interesse em empreendedorismo o ideal é criar páginas de captura com cores mais sóbrias, textos com maiores informações, uma linguagem mais formal e oferecer algum brinde que seja interessante para este público. Já se o que deseja é criar uma base de e-mails de mulheres de 20 a 25 anos interessadas em moda recomendo que aposte em cores mais vivas, textos mais concisos e objetivos e com algum brinde voltado a este segmento.

Tornar a página interessante ao público alvo é fundamental para ter sucesso ao segmentar emails. Esta segmentação não deve ser restrita apenas a página de captura em si, mas também a toda campanha, a começar pelo mais importante que é na divulgação.

Da mesma forma que para construir uma base de dados comum é preciso divulgar suas páginas de captura, para fazer uma base de emails segmentada também é. Quando se fala em segmentação de uma base de dados fica ainda mais clara a necessidade de utilizar publicidade paga como o Facebook Ads e o Google Adwords, pois estas ferramentas já permitem iniciar a segmentação diretamente pelos anúncios, o que torna possível utilizar também um formulário simples para a captura apenas do e-mail, afinal sabe que as pessoas que acessam determinada página terão em sua grande maioria exatamente a segmentação que deseja.

Criando bases de dados segmentadas com o Feedburner

O feedburner se torna muito atrativo para criar bases de emails por ser gratuito, sendo assim poderá criar diversos agregadores de emails diferentes. Um para cada banco de emails já com a segmentação. Ainda seguindo o exemplo anterior, teríamos:

  • Homens executivos de 30 a 40 anos
  • Mulheres com interesse em moda de 20 a 25 anos

Com estes dois feeds você terá dois formulários diferentes, onde o cadastro feito em cada um destes será direcionado para uma determinada base de emails que já estará segmentada. Da mesma forma que pode ser feito com a base de dados comum poderá posteriormente exportar esta base segmentada para fazer o envio das campanhas de e-mail marketing.

Aqui utilizei apenas dois como exemplo, mas você poderá fazer quantas bases de emails achar necessário para promover suas campanhas de redes de afiliados, lembrando sempre que quanto mais segmentada for sua base melhores serão seus resultados!

Outra forma manual de criar bases de emails segmentadas

Talvez você queira ter apenas uma página de captura e centralizar toda a sua campanha de divulgação nesta página. Neste caso o formulário não poderá conter apenas o campo de e-mail, afinal precisará ter outros dados para fazer a segmentação.

Crie a página com o formulário feito em HTML e direcione o envio dos dados para um e-mail seu, assim todas as informações deste formulário estarão neste e-mail e você poderá fazer a segmentação manualmente.

Para quem trabalha com WordPress, criar este tipo de formulário será extremamente simples pois existem plugins específicos para a criação de formulários, em questão de minutos seu formulário estará pronto para uso.

Vale lembrar que ao trabalhar com um formulário maior e mais detalhado será um pouco mais difícil fazer com que seus leitores se cadastrem. Sendo assim, o ideal é que busque oferecer algum benefício (soft incentive) que seja mais atrativo. Isto certamente aumentará as chances de que seus leitores decidam usar seu tempo preenchendo o formulário.

Mais artigos dessa série

Afinal qual a melhor maneira de criar uma base de email segmentada?

Quando o assunto é base de emails sabe-se que é um dos assuntos mais comentados no momento, principalmente para quem deseja vender produtos de própria autoria, porém isso cabe normalmente para indicar produtos de outras pessoas, enfim, visitantes do seu blog, o que não se pode esquecer é que para manter esta base constante e o principal, agradando os seus visitantes é criar constantemente conteúdos que agreguem valor para quem assinou a sua lista.

O ponto principal é que oferecer um infoproduto grátis para atrair subscritores para a sua lista é de muita importância e isso deve ser feito, mas o principal é manter os subscritores com conteúdo de qualidade e lembrar que sempre que alguém assina a sua lista é porque tem interesse no assunto que compartilha e é claro deseja saber mais sobre o que você tem capacidade e conhecimentos para escrever.

Sendo assim a melhor maneira de criar uma base de email, independente da plataforma de email marketing que utilize, é em primeiro lugar fazer um estudo de mercado para avaliar o que exatamente você vai oferecer aos subscritores no sentido de conteúdos e também de artigos de qualidade, no email marketing a maioria dos sistemas online existentes possuem a opção de poder criar envios automáticos para a sua lista, por exemplo, o visitante assina a lista e recebe o link para download de um determinado ebook, no dia seguinte ele recebe o link de um artigo do seu blog, depois de mais 1 ou 2 dias recebe outro link e assim por diante, em suma, é feito um contato constante e automático com as pessoas de sua lista e o melhor com a certeza que não está praticando Spam.

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *