Como criar uma base de emails comum

Este artigo faz parte da série Tudo sobre Afiliados, uma iniciativa do Country Manager do programa de afiliados Netaffiliation Brasil, Ixan Russi, em parceria com o Programa de Afiliados.

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

Ao longo desta série de artigos você já teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre e-mail marketing, seus tipos de bases de dados e diversas outras dicas. Hoje vou tratar especificamente de como criar uma base de dados comum (sem segmentação). Este tipo de base é tida como genérica e de um modo geral não terá um nível de conversão tão alto quanto uma base de dados segmentada, porém pode ser interessante para fazer campanhas de anunciantes de produtos de uso geral, como por exemplo vestuário, eletrônicos, sapatos, etc.
Base de dados comum

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

Uma base de dados é uma lista de e-mails, porém não uma lista qualquer que possa ter tido acesso através de outra pessoa, mas sim uma lista de e-mails conseguidos através de opt-in, ou seja as pessoas se cadastraram para receber informações. Esta é a diferença entre uma base de dados comum e SPAM.

Para construir sua base de dados comum você terá basicamente 3 obstáculos a ultrapassar, que são:

  • Criar páginas de captura e divulgar.
  • Fazer com que seus leitores queiram se cadastrar em sua base de dados.
  • Tornar esta base organizada e fácil de transferir de um servidor para outro e até mesmo fazer backup.

Aqui você verá como superar cada um destes obstáculos de forma simples e muito eficiente, assim tendo como construir sua base de dados comum sem maiores problemas.

Como criar páginas de captura e divulgar?

A captura de e-mails para uma base de dados comum pode ser feita em diversos pontos simultaneamente, sem a necessidade de seguir um nicho em específico. Pode-se utilizar pequenos formulários na barra lateral do blog, pop-ups e ainda páginas de captura exclusivas, chamadas de landing pages ou squeeze pages.

A página de captura leva uma grande vantagem por ser inteiramente direcionada para a conseguir e-mails, deve ser estruturada com o objetivo de manter a atenção do leitor em algo, não necessariamente em fazer o cadastro. Mais adiante você entenderá o por quê.

Encontre mais sobre landing pages aqui.

Se focar a atenção do leitor em fazer o cadastro, ficará difícil fazer com que eles vejam isto como algo bom para eles. Já se mudar o foco da atenção para alguma vantagem e o cadastro ser apenas um passo necessário para usufruir deste benefício certamente terá resultados melhores.

Para entender melhor, imagine que você visitou um site de notícias e na barra lateral encontrou uma caixa dizendo: “receba dicas direto em seu email”. Agora imagine que em outro site de notícias você encontra uma caixa dizendo: “receba dicas em seu email e levem um livro grátis”. Supondo que os sites tem o mesmo conteúdo, em qual dos dois você se cadastraria?

Divulgar suas páginas de captura é parte vital para a construção de sua base de dados, para isso você deverá utilizar todos os meios disponíveis, desde os gratuitos até pagos como, por exemplo, o Facebook Ads ou Google Adwords. Dessa forma estará investindo dinheiro para construir uma base de dados que lhe redera dinheiro por muitas campanhas!

Como fazer com que seus leitores queiram se cadastrar?

Este é certamente um dos pontos mais complexos nas páginas de captura, pois sem um “call to action” que seja realmente efetivo não terá um volume de cadastros satisfatório, mesmo que anuncie acabará tendo uma taxa de conversão baixa. A página precisa ter ao menos 3 elementos para se tornar eficiente:

  • Deve ser visualmente bonita e passar uma imagem de sucesso
  • Precisa oferecer algum benefício para quem se cadastrar (soft incentive)
  • Formulário simples e que chame a atenção

Para tornar sua página de captura visualmente atrativa além de utilizar um bom template (existem templates especialmente desenvolvidos para isso), também deve apostar em imagens impactantes que estejam de alguma forma relacionadas com o benefício oferecido a quem estiver se cadastrando.

Algo deverá ser dado a seus leitores que se cadastrarem, pois é justamente isso que os levará ao cadastro. Pode ser praticamente qualquer coisa, o ideal é utilizar algo que possa ser entregue online, assim facilitando para a entrega e garantindo que seu usuário fará a confirmação do cadastro no e-mail para receber seu brinde!

Para construir uma base de dados comum a única coisa de que precisa é um e-mail no cadastro. Para uma base comum não precisa capturar informações como nome, telefone, endereço etc., pois isso faria com que seu leitor abandonasse o cadastro.

Como tornar esta base de dados organizada e fácil de transferir?

Isto em um primeiro momento pode parecer complexo, porém não é. De todas as etapas para construir uma base de dados comum esta é a mais simples de todas. Pois sua base de dados já será feita com uma lista simples e fácil de ser transferida.

Para fazer a captura dos e-mails poderá utilizar o feedburner, que é um serviço gratuito do Google e de ótima qualidade, que inclusive já lhe fornece o código para o formulário de captura que poderá facilmente ser estilizado com CSS.

Quando estiver fazendo a captura dos e-mails com o formulário do feedburner todos os e-mails de sua lista serão armazenados no próprio servidor do Google, com a facilidade de poder exportar sua lista em formato CSV para Excel e importá-la em qualquer lugar.

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Mais artigos dessa série

Este artigo faz parte da série Tudo sobre Afiliados, a maior série do gênero no Brasil. Acompanhe nossas atualizações pelo Facebook e por email:

Antes de continuar lendo esse artigo, quero te fazer uma pergunta. Você já pensou em criar um negócio lucrativo na internet, começando do zero, sem ter nenhuma experiência e faturar um extra de 50 a 100 reais por dia? Então clique aqui e assista ao meu vídeo.

Veja os artigos publicados nessa série:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *